quinta-feira, 17 de março de 2011

excertos

Os riscos das unhas vermelhas nas páginas do livro. Era tudo que Liana havia me permitido saber sobre ela. (Rasante)

_______

Retocou a maquiagem enquanto aguardava o embarque. Da bolsa tirou seus fones desenrolando os fios com visível impaciência, sacou um cigarro e saiu. O entardecer azul e laranja do começo de janeiro, as imensas mudanças, a vida sem ele, a coragem da viagem inusitada, a grandiosidade dos jatos decolando no horizonte limpíssimo, e aquele saguão de despedidas e reencontros lhe deixaram especialmente comovida. Duas lágrimas grandes e pesadas percorreram vagarosamente seu rosto. "Hora de ser feliz, virginiana." Jogou o cigarro, sorriu para si mesma, e sentindo-se forte e bonita, embarcou.
_______


E te rabisco, te aspiro e te escuto
em cada espaço, em cada muro
impresso
Te tenho muito perto
E te sinto nos goles dos vinhos

(Janeiro/2011)

5 comentários:

Maria disse...

imaginar histórias por trás do que está escrito

ou adivinhar, ah

ou inventar

tão bom

Felipe disse...

Ô Aline, firme no projeto de se outrar?

Aline disse...

Firme. Necessário tramar mais.

Danilo N. Cruz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danilo N. Cruz disse...

Belo blog!

Danilo.